Você está aqui:
Queda do Flamengo vira piada no Palestra e serve de alerta para Cuca

A queda precoce do Flamengo na Copa Libertadores foi celebrada no Estádio Palestra Itália durante a noite desta quarta-feira

A queda precoce do Flamengo na Copa Libertadores foi celebrada no Estádio Palestra Itália durante a noite desta quarta-feira. Já o técnico Cuca prefere ver a inesperada eliminação dos rubro-negros como um alerta para o próprio Palmeiras no torneio continental.

No primeiro jogo pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o time alviverde ganhou por 1 a 0 do Internacional, conquistando a vantagem do empate para avançar às quartas. Assim que o jogo acabou, o sistema de som da arena informou a derrota do Flamengo diante do San Lorenzo de forma provocativa: “Cheirinho no ar.”

Com o revés por 2 a 1 na Argentina e a vitória do Atlético-PR por 3 a 2 sobre a Universidad Católica, o Flamengo acabou eliminado. Enquanto torcedores festejaram o fracasso do time rubro-negro, rival na briga pelo Campeonato Brasileiro 2016, Cuca adotou tom mais sério.

“É futebol e tudo pode acontecer”, afirmou, lembrando a recente eliminação do Palmeiras diante da Ponte Preta na semifinal do Campeonato Paulista, sob o comando de Eduardo Baptista. “Não precisa pegar os outros como exemplo. Há pouco tempo, o Palmeiras teve um dia ruim e também ficou fora”, recordou Cuca.

Às 21h45 (de Brasília) da próxima quarta-feira, em seu último compromisso na primeira fase da Copa Libertadores, o Palmeiras pode até perder por um gol de diferença do Atlético Tucumán para avançar às oitavas. Cauteloso, o treinador não se anima com o cenário teoricamente favorável.

“Se a gente perde por dois gols, podemos ficar fora. Na Libertadores, é importante jogar bem e vencer para terminar na liderança da chave”, afirmou Cuca. “Pela grandeza, times como Flamengo, Palmeiras, Santos e Grêmio sempre têm a pressão de passar da fase de grupos. Mas o torneio não diz que o menor vai sair e o maior vai passar”, declarou.

Antes de pensar na Copa Libertadores, o Palmeiras volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro. Às 19 horas (de Brasília) deste sábado, com uma escalação alternativa em função do desgaste do elenco, o time dirigido por Cuca enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.