Cinema soviético: Mulheres que desafiaram as normas da URSS

Rússia continua celebrando tais atrizes como ícones da beleza feminina

Todas as mulheres soviéticas sonhavam ser semelhantes a elas e copiavam seu estilo. Os homens, por sua vez, almejavam ter a seu lado alguém parecido com elas. A Rússia, com efeito, continua as recordando como ícones da beleza feminina.

Olga Ostroumova é a Monita Vitti do cinema soviético. A artista se tornou famosa depois de protagonizar nos filmes épicos da URSS, tais como "Viveremos até segunda-feira" (Dozhivyom do ponedelnika) e "Auroras Nascem Tranquilas" (A zori zdes tikhie).

Após o êxito destas duas fitas, Ostroumova tirou um período de descanso de 2 anos, mas depois voltou ao grande palco artístico com o filme "Amor terreno" (Lyubov zemnaya).

Elina Bistritskaya é considerada como a Elizabeth Taylor soviética. Em numerosas ocasiões, ela foi nomeada como a mulher mais bonita da União Soviética. Um dos seus papeis mais importantes foi o de Aksinya no filme "O Don tranquilo" (Tikhy Don).

Margarita Terekhova era considerada como uma atriz multifacetada e de grande talento. Protagonizou filmes como "O Espelho" (Zerkalo), "Gare Bielorrussky", "Rússia ancestral" (Rus iznachalnaya). Não obstante, seu papel mais icônico é o de Milady na versão soviética de "Três mosqueteiros".

Larisa Guzeeva foi frequentemente comparada com a atriz britânica Lesley-Anne Down. Depois da sua estreia no filme "Romance cruel" (Zhestoky romans), a morena talentosa virou uma das atrizes mais conhecidas da URSS. Até o momento, ela continua sendo uma personalidade pública russa, apresentando um programa no maior canal de TV federal.

A Audrey Hepburn soviética, Natalia Varlei, interpretou o papel da esportista Nina na famosa comédia "A prisioneira do Cáucaso, ou as novas aventuras de Shurik" (Kavkazskaya plennitsa). Desde a infância, ela trabalhou em um circo como acrobata.

Svetlana Svetlichnaya se estreou como a mulher fatal Ana Sergeevna na fita "O braço de diamante" (Brilliantovaya ruka). Na atualidade, continua aparecendo em vários filmes russos, além de peças teatrais.

Noticias ao Minuto
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques