Você está aqui:
Advogados protestam sobre decisão do TJPB de extinguir Comarca em Coremas; Assista

Os advogados que militam na Comarca de Coremas, Sertão da Paraíba se reuniram no Fórum Nobel Vita da Cidade

Os advogados que militam na Comarca de Coremas, Sertão da Paraíba se reuniram no Fórum Nobel Vita da Cidade para buscarem saídas contra a informação da extinção daquela Unidade, assim evitarem os transtornos que tudo isso acarretarão a sociedade.

A Vara única da Comarca de Coremas existe há 63 anos. Paulatinamente, advogados, e servidores vêm trabalhando para uma melhor celeridade nos processos que a cada dia aumenta a demanda na Comarca, prova do trabalho exercido pela Vara Judicial.

De acordo com os advogados que militam na Comarca de Coremas, a extinção da Vara Jurídica pelo TJPB é um retrocesso sem tamanho. Advogados, pessoas da sociedade, que já têm dificuldade de acesso à justiça, passarão a se deslocar para o Município de Piancó, quase que 50 km de distancia para as audiências.

O Advogado, Dr. Gledston Machado Viana, explicou a Reportagem do Portal REPORTERPB, que a extinção da Comarca faz parte da Resolução do CNJ de nº 184 que determina aos Tribunais de Justiça tomarem medidas de modo a diminuírem algumas Comarcas por todo o Estado.

- Pensando nisto, o TJPB em 2014/15 passou a elaborar um projeto que analisa o fluxo processual de cada Comarca, levando em consideração o número de processo, número de habitantes, estrutura física, não só do Fórum, mas delegacia, Ministério Público, e eleitoral, disse.



O advogado Dr. Gledston revelou que esse Projeto apresentou alguns cenários que Coremas se encaixaria em uma das condições para extingui a Comarca. “A ideia é a seguinte: qualquer uma que não seja atendida os requisitos do projeto nos últimos três anos já é motivo para se extinguir”.

Dr. Gledston asseverou que essas questões também foram analisadas pelos profissionais do direito que trabalham na Comarca em Coremas, e chegaram à conclusão que a Cidade não se encaixa em nenhuma das condições impostas pelo Projeto do TJPB, portanto, ser plenamente capaz de continuar como Comarca, e não há motivo para extinção, o que geraria enormes prejuízos para a Sociedade.

Assista vídeo feito do protesto dos Advogados Coremenses pelos Colaboradores do Portal REPORTERPB: Valério, e o Cinegrafista, Tacíliano.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.