Você está aqui:
BOMBA – Deputado revela que Lira pode ser candidato único ao Governo com apoio de RC, e CCL

O programa REPORTERPB no Rádio pela 104 FM na Cidade de Sousa, desta segunda-feira (16), entrevistou o Deputado Estadual, Raniery Paulino (PMDB

O programa REPORTERPB no Rádio pela 104 FM na Cidade de Sousa, desta segunda-feira (16), entrevistou o Deputado Estadual, Raniery Paulino (PMDB) sobre a divisão de força que se forma atualmente dentro do PMDB do Estado.

Nesta segunda-feira (16), o ex-governador, Roberto Paulino, e o Deputado, Raniery Paulinho se reuniram com o Senador Raimundo Lira (PMDB), se incorporaram ao seu projeto para governador do Estado.

Durante a entrevista do Deputado Raniery ao REPORTERPB no Rádio, relatou dos problemas que o Partido vem enfrentando, mas isso é de Sigla grande que tem lá suas divergências, porém entendendo que esse ano é administrativo, e não de debate, é de formação de aliança, e é tempo de falar mais em gestão, e não em eleição.
Raniery entende que hoje dentro do PMDB existe uma afinidade do Senador Lira com RC, e um descompasso do Senador Maranhão em relação ao governo. “Ele (Maranhão) faz como eu, oposição ao governo Ricardo. Esses são pontos que nós divergimos. Mas uma candidatura própria do PMDB é um ponto de convergência. Eu tenho ouvindo declaração de Maranhão”.

O Deputado peemedebista frisou que a candidatura ao governo do Estado do Senador Lira foi ele quem incentivou, mesmo sabendo da amizade que tem hoje de Lira com o RC, e o Senador CCL. “O Réveillon Raimundo Lira passou ao lado de Cássio. Raimundo Lira pode ser uma candidatura de pacificação. RC tem tido uma relação institucional com Senador Lira, mas o senador Lira tem uma amizade como senador Cássio. Quem sabe que a candidatura de Lira não seja de pacificação politica na Paraíba para que todos nós tenhamos a consciência de falar menos em eleição, e mais em gestão”, completou.

No dia 20 de janeiro haverá uma reunião partidária com a cúpula do PMDB em João Pessoa, e essa tese será apresentada pelo Deputado Raniery Paulino, embora reconheça que seja no momento utopia. “A minha tese é de candidatura própria. Eu vejo hoje o melhor nome com condição de reunir o maior apoio politico é do senador Raimundo Lira”.

Ainda na entrevista, o Deputado desmentiu informação que saiu na Imprensa Paraibana dando conta que poderia haver pacificação politica na região de Guarabira, ente sua Família, e dá de Zenóbio Toscano. “Não tem nenhum entendimento neste sentido”.

Falando sobre a dissidência dos Deputados Federais, Hugo, André Amaral, do Estadual, Nabor Wanderley de não apoiar o Senador Maranhão ao Governo Luciano Cartaxo na Capital, o Deputado Raniery frisou que o debate é para partido grande. “Partido que não tem discussão interna é aonde tem ditador. Tem partido na Paraíba que é muito grande, está recebendo filiação, recebendo prefeito, deputado, mas vai dizer um “ai”. Por que lá tem ditador. Aqui fico muito feliz no PMDB neste ponto, todo mundo pode dizer o que pensa. Maranhão é uma referencia. Não imagino o PMDB sem o senador José Maranhão que foi um dos maiores governadores que esta Paraíba já teve”.

Finalizando a entrevista, Raniery deixou dito que após a reunião do dia 20 de janeiro, defenderá sua tese de candidatura única na Paraíba, e sentenciou: “Ninguém se espante se Lira for praticamente candidato único na Paraíba com o apoio de Cássio, e Ricardo”.

Ouça a Entrevista completa aqui do programa REPORTERPB no Rádio pela 104 FM, apresentação do Radialista, Pereira Jr, participações de Tavares Sobrinho, Dinha e Valdemir Silva

 

 

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.